domingo, 18 de abril de 2010


- Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz ao ponto de nem conseguir fechar os olhos...
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram...
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir...
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam...
Já tive crises de riso quando não podia...
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse...
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar...
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo mais feliz...
Já tive medo do escuro, hoje no escuro “me acho... me agacho... fico ali”...
Já caí inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não iria mais cair...
Já chamei pessoas próximas de “amigo” e descobri que não eram; algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais pra mim...
Não me dêem formulas certas, porque eu não espero acertar sempre...
Não me façam ser o que eu não sou, não me convidem a ser igual, porque eu sinceramente sou diferente...
Não sei
amar pela metade,
Não sei viver de mentiras,
Não sei voar com os pés no chão...

Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei eu mesma para sempre... :x

3 comentários:

  1. Nossa Laninha, POETAA, desse jeito tu acaba cmg :S

    ResponderExcluir
  2. Você tá uma POETA DO AMOR continua assim =)

    ResponderExcluir
  3. assim elaa derrete qualquer coraçãooo

    te loveeee

    sua lindaa

    ResponderExcluir